2leep.com

Compotas + Geléias= Projetos e Ideias

Bem Amigas,hoje nós vamos aprender como fazer deliciosas compotas,geléias e conservas  de frutas e doces!!!
Este projeto foi um sucesso na cidade de Bagé,no Rio Grande do Sul.A secretária Secretaria Municipal do Trabalho e Assistência Social da cidade,juntou algumas famílias da zona rural e fez um curso de Curso de Processamento de Frutas e Hortaliças no bairro.Foram 15 famílias beneficiadas com o aprendizado e elas produziram 112 vidros de compotas e conservas entre outros produtos.De acordo com a coordenadora do projeto Hortas Comunitárias, Mônica Miranda Vieira, a especialização é uma boa opção de renda. “A qualificação é importante, por que trabalha desde o cuidado básico com alimentos, além de estimular o cultivo em casa e ser uma ótima opção para a renda familiar”, afirmou.“No momento em que temos uma horta, é necessário aprender a produzir para saber aproveitar”, ressaltou.

O Projeto Hortas ComunitáriasPrimeiro vamos aprender o que è uma compota.As compotas são conservas de frutas ou outros vegetais, como o tomate e a cenoura, cozidos aos pedaços em açúcar e algum líquido, que pode ser água ou suco de fruta.As compotas podem ser usadas como sobremesa, para misturar com iogurte ou sorvete, para rechear bolos ou outros doces, ou como complemento de pratos salgados, geralmente festivos, como o peru natalino (no Brasil).Outros membros desta família de alimentos, os doces de fruta, são as geleias, a marmelada e a goiabada.

o objetivo è estimular as pessoas para que elas possam ter outra visão de que elas podem produzir muito mais em casa.este é um projeto de segurança alimentar sustentável, que explora cinco eixos em suas atividades - inclusão social, emprego e renda, associativismo, empreendedorismo e educação ambiental.


Trazendo para nossos dias,como isso nos beneficia fisicamente e espiritualmente.De acordo com as palavras do profeta:"Estou sugerido que chegou a hora de colocar nossa casa em ordem.Estamos proclamando a mensagem de auto suficiência por toda a igreja.A auto suficiencia não pode ser alcançada se grandes dividas pesarem sobre a fámilia e se os armazenamentos não estão sendo praticados dentro dos lares.A época da fartura é uma época de armazenamento.Lembrando que é melhor ter alguma reserva do que não ter nenhuma.(carta da primeira presidencia 20 de janeiro,2002.A liahona Abril de 2003)Eu sei que esses ensinamentos são verdadeiros,que privilégio termos líderes inspirados.

A super dica que eu tenho hoje para voçes,minhas Queridas,è que nós possamos seguir o exemplo destas familias lá em Bagé,RS. Vamos por em pratica este projeto tão maravilhoso.As irmãs que moram em locais que não tem condições de fazer uma horta ,podem fazer as receitas em casa mesmo com suas frutas e hortaliças que adquirem nos supermercados.Não importam como se faz,o importante é fazer.srsrsrsr

Então,como eu posso começar?
Bom,voçe pode começar,reunin-do-se com sua presidencia e elaborando um projeto,que nesse caso vai depender do local e da necessidade.Em espirito de oração ,reunam-se para ver o que é melhor.Após isso marque a data do projeto,elabore convites e preparem -se para esta maravilhosa Oficina!


COMO FAZER COMPOTAS E CONSERVAS?

O que fazer com aqueles potes de vidro de palmitos,geléias e doces que comemos?

Nós vamos lava-los com bastante aguá  e sabão e depois vamos esterelizá-los.

Dica – Como esterilizar vidros para compotas

Depois de lavado,você deve pegar uma pano (algodão) limpo – de preferência virgem – e colocá-lo no fundo de uma panela. Coloque os vidros em cima do pano e encha a panela de água. Deixe a água fervendo por 20 minutos. Desligue o fogo e espere esfriar. Só retire o vidro da panela na hora de usá-los.

O pano de algodão, irá proteger o vidro no momento da fervura, impendido-o de se quebrar.
Para a tampa, você deve fervê-la por 5 minutos.
Então a dica é essa.



Dicas e técnicas de doces, compotas e geléias.

A diferença está no preparo.

Os doces, compotas e as geléias são considerados conservas doces e se diferenciam basicamente, pelas texturas que apresentam.

Nos doces, as frutas são totalmente amassadas. Preparadas a partir de bagas inteiras ou de frutas maiores, previamente cortadas. O doce é firme, sem ser duro, e permite ser espalhado. A fruta utilizada para fazer doces precisa ser cozida até ficar macia, quando, então, é adicionado o açúcar e o produto é fervido até atingir o ponto ideal. As amoras, framboesas, ameixas, figos, pêssegos e bananas são alguns dos tipos que apresentam uma boa consistência. Ao preparar doces, lembre-se q a fruta não deve cozinhar demasiadamente, mas podem ser reduzidas parcialmente a purê ou não. Se, durante o cozimento, você verificar que a fruta é muito suculenta, é preciso ir retirando o líquido com concha, para conseguir a consistência desejada em menos tempo.
 Medida do Açúcar:Para qualquer geléia de frutas: peso da fruta igual medida de açúcar.

Para compotas de frutas: peso da fruta, metade do peso de açúcar



A geléia é preparada com as cascas, os caroços ou sementes das frutas ou com o seu suco, fervidos com açúcar. Depois de fria, ela adquire uma consistência gelatinosa e transparente. Somente frutas ricas em pectina são indicadas para o preparo de geléias; a acidez e a concentração de açúcar também influenciam no resultado final. Ao preparar geléias você pode utilizar uma única fruta ou combinar espécies diferentes, associando uma fruta perfumada, mas pobre em pectina (como a framboesa) com groselhas ou maçãs. Para obter o suco, é necessário amassar totalmente os bagos ou macerar as maçãs cortadas em pedaços, com os sabugos e as sementes juntos num pano amarrado.

Tanto em um caso como no outro, a operação precisa ser realizada com as frutas cozidas com pouquíssima água. Em seguida, essa "massa" é triturada no processador ou coada em peneira bem fina.

O caldo obtido é adicionado ao equivalente ao seu peso em açúcar. O tempo de fervura varia conforme o tipo de fruta (2 a 4 minutos para groselhas, 20 ou 30 minutos para maçãs e marmelos).

O preparo nesses recipientes é feito da seguinte maneira. Coloque a fruta descascada e cortada, preenchendo 3/4 do vidro. Coloque cravo e canela em rama se desejar. Complete com açúcar cristal. Leve ao fogo em banho-maria: coloque os vidros em águia fria e deixe ferver até o açúcar estar totalmente dissolvido formando uma calda rala. Deixe esfriar na água. Esse tipo de cozimento cria vácuo dentro do recipiente e as compotas podem ser guardadas assim por muitos meses. Depois de aberto, o doce deve ser conservado em geladeira.


Outra forma prática de preparar compotas é em panela de pressão. Coloque a fruta descascada e cortada em camadas, cobrindo cada camada com açúcar. Feche a panela, espere sair o vapor e cozinhe por 20 minutos. Deixe esfriar na própria panela sem abrir. Se desejar uma calda mais consistente, após abrir a panela, retire as frutas com cuidado, deixe a calda engrossar em fogo lento até atingir o ponto desejado, coloque novamente as frutas e deixe dar uma fervura. Deixe esfriar novamente antes de acondicionar em vidros.

As compotas também são o primeiro passo para as frutas cristalizadas. Depois de pronta, escorrer a calda, passar os pedaços de fruta em açúcar cristal e deixar secar.

Geléias Caseiras



Para a preparação de geléias de frutas, devem-se tomar os mesmos cuidados usados para as compotas.

Não se esqueça de esterilizar vidros, tampas e de escolher frutas maduras, mas não passadas. O ideal será comprar 2/3 da fruta madura e 1/3 verde. A fruta verde contém maior quantidade de pectina, essencial na feitura de geléias. Geralmente as geléias são preparadas com frutas, açúcar e limão. Elas devem ser cozidas, de preferência uma receita por vez, até que o açúcar esteja dissolvido.

Sempre que preparar as geléias , retire a espuma que fica na superfície, antes de acondicioná-las nos vidros.

O principal, no caso das geléias é a esterilização e a vedação do recipiente, para que não estrague. Depois de prepará-la, segundo a receita que tiver, acondicione-a, escolhendo um dos métodos a seguir:

1. Coloque a geléia ainda fervendo em vidros esterilizados e quentes até 3 ml da borda, passe a espátula plástica para retirar o ar, limpe bem as bordas, tampe e processe por 10 minutos. Sempre com o vidro encoberto por água.

2. Você já deve ter parafina derretida preparada em banho-maria. Coloque a geléia ainda fervendo em vidros esterilizados, até faltar 3 ml da borda (este espaço deve ser rigorosamente observado). A seguir, libere as bolhas de ar correndo a espátula plástica ao redor do vidro, e vá derramando a parafina no canto do vidro (cujas bordas devem estar bem secas) até conseguir uma película que tenha a superfície como se fosse uma tampa. Esta película deve ser bem fina e vai secar rapidamente, então depois de bem dura, você poderá derramar a segunda camada que poderá então ser um pouco mais grossa. A camada fina vai endurecer rapidamente e excluir a entrada de ar. A segunda camada vai ser para reforçar.

Limpe a borda interna dos vidros com um pano limpo, senão a parafina não vai aderir e entrará nos vidros.

Depois que a geléia estiver bem fria, tampe e rotule.

Nota: Procure não acondicionar geléias em vidros muito grandes, a não ser que você tenha uma família grande. O ideal são vidros de 250 ml ou um pouco menor. As tampas não precisam ser duplas, podem ser simples.

Será que está no ponto?

Existem dois testes que podem ser usados para sabermos se a geléia já está pronta. Devemos nos lembrar que a geléia não fica no ponto na panela e sim depois de esfriar.

O teste da colher: Pegue uma colher de metal, bem seca e fria e mergulhe-a na geléia fervendo, levante-a e incline-a um pouquinho de modo que a geléia pingue de volta na panela. Se as duas últimas gotas de líquido se juntam para formar uma única gota, a geléia está pronta e deve ser posta imediatamente nos vidros.

O teste do refrigerador: Sempre tire a panela do fogo pra fazer este teste. Depois que a geléia ferver por vários minutos, pegue uma colher de geléia e derrame num prato frio. Coloque o prato no congelador por alguns minutos. Se a mistura ficou consistente, está pronta. Senão leve novamente a panela ao fogo por mais alguns minutos, e faça o teste novamente.

Agora que já aprendemos vamos nos deliciar com as maravilhosas receitas.

Geléia de morango:

8 xícaras de morango

6 xícaras de açúcar

4 colheres de sopa de suco de limão

Lave, tire os cabinhos e amasse os morangos com garfo. Meça os morangos amassados e ponha-os numa panela grande. Adicione então o suco de limão e açúcar e cozinhe a mistura mais ou menos 20 minutos.*

• Dá para 5 vidros de 14. Processe por 10 minutos ou sele com parafina.


Geléia de Abacaxi:

4 xícaras de abacaxi bem picadinho

2 ½ xícaras de açúcar

1 xícara de água

½ limão cortado em rodelas bem fininhas

Junte todos os ingredientes. Leve para ferver mexendo de vez em quando até o açúcar dissolver. Cozinhe rapidamente até engrossar, cerca de 30 minutos. Quando começar a engrossar, mexa sempre para não grudar. Ponha imediatamente nos vidros quentes. Processe por 10 minutos ou sele com parafina.

• Dá para 3 vidros de ¼

Geléia de laranja:

4 xícaras de casca de laranja cortadas em rodelas bem finas

4 xícaras de polpa de laranja cortada.

1 xícara de limão cortado em fatias bem fininhas

1 ½ xícara de água

+ou- 6 xícaras de açúcar.

Adicione a água à fruta e ferva por 5 minutos. Cubra e deixe descansar por 12 a 18 horas num lugar fresco. Então cozinhe até que a casca fique macia, +ou- 1 hora. Mecha a fruta e o líquido. Adicione 1 xícara de açúcar para cada xícara de fruta. Traga à fervura, mexendo até o açúcar dissolver. Cozinhe até engrossar +ou- 25 minutos em fogo baixo. Assim que engrossar mexa sempre para evitar que grude.*

Derrame imediatamente em vidros esterilizados. Processe por 10 minutos ou sele com parafina.

• Dá para 7 vidros de ¼
.
Geléia de cenoura:

4 xícaras de cenouras picadas

3 xícaras de açúcar

Suco e casca ralada de 2 limões

½ cc de cravo em pó

½ cc de pimenta da jamaica em pó

½ cc de canela em pó

Misture todos os ingredientes. Traga à fervura, reduza o fogo e cozinhe mexendo sempre até engrossar.*

Ponha em vidros esterilizados e processe por 10 minutos ou sele com parafina.

• Dá para 7 vidros de ¼

Geléia de Uva:

8 xícaras de uva preta solta dos galhos

6 xícaras de açúcar

Separe a polpa da pele das uvas. Se desejar bata as cascas no liquidificador. Cozinhe as peles gentilmente 15 a 20 minutos adicionando água suficiente para não grudar (cerca de ½ xícara). Cozinhe a polpa sem água até ficar macia, passe por peneira para soltar as sementes. Junte a polpa, a pele e o açúcar. Leve para ferver, mexendo sempre até o açúcar dissolver-se, mexa sempre para evitar que grude.

Derrame imediatamente nos vidros esterilizados. Processe por 10 minutos ou sele com parafina.

• Dá +ou- 3 vidros de ½ litro.

Geléia de Pêssego e Maçã:

3 xícaras de pêssegos picados

3 xícaras de maçãs picadas

¼ de xícara de suco de limão.

3 colheres de sopa de casca de limão ralada

4 cravos

5 xícaras de açúcar.

Descasque os pêssegos, maçãs e ponha na solução de sal e vinagre para prevenir escurecimento até preparar todas as frutas. Corte a fruta em pedacinho.

Adicione o suco de limão, casca, cravos e açúcar. Misture as frutas, cozinhe em fogo baixo até o açúcar se dissolver completamente e o suco aparecer. Então leve a fervura e ferva por 10 a 15 minutos.*

Remova os cravos. Derrame em vidros esterilizados. Processe por 10 minutos ou sele com parafina.

• Dá para 6 vidros de ¼.
Receitas de compotas de Doces e Frutas


Compota de mamão verde


Para preparar o mamão, faça pequenos cortes na casca para sair o leite. Lave bem, descasque, corte pela metade, retirando os caroços, e corte a polpa em lâminas finas com uma faca afiada ou descascador de batatas.

Ingredientes

1 mamão grande cortado em tiras
½ quilo de açucar
1 xícara de água
agulha grossa e linha branca
cravo e canela em ramo
Modo de preparar

1. Afervente as tiras de mamão em um pouco de água para amolecer.
2. Enrole cada tira, e vá passando a linha pelos rolinhos formando um colar.
3. Prepare uma calda rala com o açúcar e a água.
4. Coloque o cravo e a canela e os rolinhos de mamão e deixe ferver até que fiquem transparentes.
5. Escorra a calda e tire os rolinhos da linha
6. Coloque os rolinhos de mamão num vidro e despeja a calda por cima.

Abóbora em pedaços



Doce muito popular, pode ser deixado na calda ou cristalizado.

Ingredientes

1 quilo de abóbora, de preferência a parte do pescoço
1 colher de cal virgem
2 litros de água
½ quilo de açúcar
cravo e canela em rama

Para variar:

Para fazer abóbora cristalizada, depois de pronto, coloque em uma peneira para escorrer a calda. Passe os pedaços em açúcar cristal ou refinado e deixe secar.

Modo de preparar

1. Corte a abóbora em pedaços regulares
2. Deixe de molho na água preparada com a cal por 30 minutos.
3. Lave bem os pedaços de abóbora e escorra.
4. Prepare uma calda rala com o açúcar e uma xícara de água
5. Coloque os pedaços de abóbora e deixe ferver até que comecem a ficar transparentes
6. Deixe esfriar na panela e acondicione em vidros


Compota de frutas

Este é uma receita básica de compota que pode ser preparada com maçã, goiaba, pêssego ou pera. As frutas podem ser usadas inteiras e descascadas – caso do pêssego, em metades – como a goiaba – ou em pedaços como a pera e a maçã.

Ingredientes

1 quilo de frutas descascadas
½ quilo de açúcar
1 xícara de água
cravo e canela em rama

Modo de preparar

1. Faça uma calda rala com o açúcar e a água.
2. Coloque as frutas, o cravo e a canela e deixe ferver até que comecem a ficar transparentes.
3. Deixe esfriar na própria panela e acondicione em vidros

Então por hoje é sò!!!Bjs e aguardem a proxima postagens.Agora eu vou fazer algumas receitinhas de geléias e compotas.


2 comentários:

fabio barreto disse...

ola meu nome è lucia helena, tenho dois filhos. sou casada. trabalho fora,sou promotora de vendas e confeço que naô aguento mais trabalhar para os outros, afinal nunca me sobra dinheiro para nada, e nao me sobra tempo para meus filhos,isso me deixa muito mal as vezes acho que nao sou mae suficiente para eles. entao resolvi vender doces em compotas.na verdade estou pedindo ajuda,algumas dicas para o meu desempenho para esse novo trabalho. desde ja muito obrigado espero que tudo de certo e que eu consiga desenvolver um otimo trabalho. um grande abraço

fabio barreto disse...

esse comentario foi no login do meu filho pq eu esqueci de conectar no meu login meu nome e lucia helena barreto ferro tenho 43 anos